Jogamos e compartilhamos os melhores jogos de corrida!

Sobre a treta Senna x Piquet entre os fãs

GD Star Rating
loading...

Este é um vídeo do canal Boteco F1 que analisa a treta Senna x Piquet entre os fãs, propondo uma tese que explica o porquê destas discussões não levarem a nada, até mesmo por serem bastante irracionais.

Eles argumentam que os fãs, na maioria das vezes, levam as críticas pro lado pessoal, ao invés de analisarem os dois tricampeões brasileiros objetivamente, o que levaria a uma discussão construtiva onde se aceitam os defeitos, qualidades e grandes feitos de Ayrton e Nelson.

É, realmente, uma boa tese e se aplica na grande maioria dos casos, mas, como disse o nosso parceiro Gaming Room nos comentários do vídeo, existem outros três fatos que promovem esta treta:

  1. A excessiva puxação de saco do Senna não só pelo Galvão Bueno mas pela grande mídia em geral. Sendo justo, tenho achado o Galvão menos chato atualmente, pelo menos quando narra a F1, mas tudo que fica exagerado cansa e começa a ter o efeito contrário em algumas pessoas;
  2. A conversa com 99% dos brasileiros sobre automobilismo é falar sobre Ayrton Senna, e isso sobre qualquer categoria deste esporte. É outro fator que promove irritação. Ninguém em sã consciência discorda que o Senna e os outros pilotos da época em que ele disputava a Fórmula 1 eram lendas, mas estes tempos não vão voltar mais e tem gente que gosta de automobilismo independentemente disto;
  3. As “viúvas do Senna”, estes que levam tudo para o lado da emoção e do ego, ficam muito ofendidos e nervosos quando alguém critica o tricampeão.

Enquanto os fatos 1 e 2 geram antipatia indiretamente à figura do excepcional tricampeão, levando também a irracionalmente desgostar do Senna (não é porque tem gente chata que ele perdeu seus méritos) o 3 é extremamente hilário, pois quem gosta de zuação vai procurar irritar justamente quem fica nervosinho.

Dito isto, é nossa posição também que é melhor deixar estas coisas de lado, pois esta treta realmente faz mal ao automobilismo brasileiro. Ela nos impede de apreciar o esporte, o antigo e o atual, em prol de briga de egos que pouco tem a ver com as disputas, além de aborrecer quem quer apreciar e debater sobre isto numa boa.

Diríamos que isto acaba, assim, fazendo com que o assunto perca destaque, diminuindo o incentivo para as novas gerações de brasileiros ingressarem no esporte. Este quadro acaba consequentemente reduzindo as chances de termos dois pilotos de ponta e rivais na categoria mais famosa do mundo, de novo.

E você? O que acha sobre estas tretas? Será que é possível admirar Nelson Piquet e Ayrton Senna ao mesmo tempo?

Nós diríamos que sim.

Deixe um comentário